Buddha Quotes

segunda-feira, 23 de abril de 2012

Bacalhau com natas


Refeição aconchegante após umas obras em casa que só terminaram... à hora do jantar. A cozinheira não esteve envolvida nas obras em questão

Ingredientes:
Bacalhau demolhado e esfiapado
Batatas para fritar
1 ovo
cebolas
alhos
louro
500 ml Béchamel
200 ml natas para cozinhar


Dificilmente esta receita sairá mal e certamente terá bastante sucesso:
Comece por fritar batatas aos palitos fininhos ou cubinhos, conforme preferir, e reserve.
Num tacho faça um refogado com bastante cebola e alho, pode juntar também uma folha de louro. Quando a cebola começar a ficar translúcida adicione o bacalhau previamente demolhado e esfiapado. Não acrescente água pois à partida o próprio bacalhau já larga água suficiente para ser cozinhado. Quando estiver cozido na própria água adicione as batas já fritas.
Num recipiente misture 500 ml béchamel a 200 ml de natas e uma gema de ovo. Depois de bem misturado adicione ao tacho do bacalhau, mexendo bem. Bata as claras em castelo e envolva suavemente neste preparado. Coloque numa travessa de ir ao forno a dourar e ... bom apetite.

P. S. 1: A primeira vez que fiz ficou muito salgado porque coloquei sal nas batatas fritas. À partida o sal do próprio bacalhau já chega. Preferivelmente vá-se certificando do tempero.

P. S. 2: A foto pertence a bacalhau alheio, no entanto fica mais ou menos com este aspecto;)!

sexta-feira, 20 de abril de 2012

Electricidade!



Já muitas dicas se têm dado sobre poupança de electricidade! Aliás, basta pesquisarem um pouco na lista de blogs aqui mesmo ao lado (cuja leitura recomendo bastante) para terem várias ideias sobre o que podem fazer para baixarem mais um pouco a conta da luz.
Eu estava verdadeiramente a assustar-me com a minha, porque estava nos últimos dois/três meses a subir exponencialmente. Para que tenham uma ideia ando sempre a desligar coisas em casa que não façam falta, praticamente todas as lâmpadas são económicas, uso máquinas só mesmo em horário de vazio... mas mesmo assim a coisa ia aumentando. Até que, muito naturalmente, alguém me sussurrou algo sobre desligar o cilindro de água quente e só ligar para os banhos. Devo ter feito o meu ar de aparvalhada enquanto o cérebro processava a mensagem e ....bingo! "Vou tentar, porque não?!" E se bem tentei melhor o fiz.
Eis que passado um mês paguei menos 30 €  (não estou a exagerar) de factura. Confesso que o fiz um bocado a medo, não sei até que ponto o ligar e desligar do cilindro diariamente pudesse ter alguma repercussão negativa... mas para já só vi positiva. Portanto: durante o dia desligado e à noite ligo em horário de vazio só para termos água quente para os banhos. E ao longo do dia a coisa ainda aguenta, porque ainda apanho água morna à noitinha! Vamos ver se a facturação continua no bom caminho!

quinta-feira, 19 de abril de 2012

Reciclagem de objectos

Tinha eu lá por casa um frasco de salsichas Hot-dogs... conchas de S. Tomé e Príncipe (oferecidas)... um ramito de flores artificias de que até nem sou grande apaixonada... mas eis que surgiu uma ideia e até deu um colorido à casa de banho. Os gatos também gostaram, de tal forma que me obrigam a não esquecer a porta da casa de banho aberta, sob pena de andarem a vomitar bocadinhos de "planta" que andaram a mastigar.
Se me convencer a ir à praia este ano ainda encho com mais conchas o frasco das salsichas!:)
Arranjei também uma saboneteira que eu diria ser mais um género de pratinho para aperitivos... mas como era azul e em forma de concha lá foi também recambiado para o wc!

Recanto preferido

Posso dizer que a minha cozinha é muito bem aproveitadinha de espaço (como aliás o resto da casa, os antigos donos foram muito cuidadosos e habilidosos) . Tenho felizmente bastantes armários que me compensam a falta de um dispenseiro. Mas há algo que gosto de ter bem à mão, e como tal, para consultar melhor, bastou-me arranjar uma género de "caixa de arquivo" de plástico que tinha dos tempos da faculdade e colocá-la bem ao lado do microondas para as minhas revistas/livros/apontamentos de culinária. Lá se encontram também um recipiente para o meus inseparáveis cremes para as mãos e folhas de rascunho e canetas para apontar as faltas que seguidamente são afixadas na porta do frigorífico para quando fôr às compras.
Tudo bem à mão para tentar não me esquecer de nada, que a cabecinha e a memória já tiveram melhores dias!

Dai-me Paciência

Não adoram quando durante o tempo de expediente não aparece ninguém e quando vão fechar a porta vem alguém fora de horas?
Grrrr.....

quarta-feira, 18 de abril de 2012

Aneto

Eu que até ontem não sabia o que era, não é que o encontrei e já mora na minha cozinha? Agora só falta experimentar!
Dos que conhecem, qual a vossa opinião?

"Solução Milagrosa"

É assim que o N. lhe chama, apesar de não ser tanto ele a usá-la...
Já me tinham dado esta dica, apesar de agora a ver em muitos blogs por aí: mistura de água com líquido da louça e vinagre! A mistura faço a olho e tenho-a sempre à mão na banca da cozinha num spray/borrifador que comprei para o efeito (embora possamos usar um vazio de qualquer produto, como limpa-vidros, por exemplo). É óptima para limpar a banca, a placa do fogão, os azulejos, as portas dos armários (os meus são brancos), as louças da casa de banho, os vidros... uma solução bem baratinha, com a mais valia que quando acabar tenho por norma sempre os "ingredientes" à mão para fazer mais!
Para quem não gosta do cheiro a vinagre garanto ainda que desaparece em pouco tempo!
Já agora, mais uma dica: quando mudei para esta casa (estou lá há um ano) limpei (como sempre) primeiro a cozinha a fundo. Sugeriram-me para tal um gel de casa de banho com lixívia da marca Pingo doce (passo a publicidade) para fazer uma higienização mais a fundo. A cozinha ficou realmente com cheiro a desinfectado e branquíssima! Também recomendo!


Bolos de Bacalhau fingidos

Algo me dizia que o que restava da salada russa não se iria comer, pelo menos, não da mesma forma. Vai daí, coloquei tudo no robot de cozinha (batatas, ervilhas e cenoura com alguns resquícios de peixe) e moí tudo como se fosse um puré!. Com a ajuda de colheres de sopa  retirei pequenas porções que passei por pão ralado e fritei em óleo! Nada como o verdadeiro bolinho de bacalhau, é certo, mas assim gastei a salada russa e ainda deu para mais uma refeição!

terça-feira, 17 de abril de 2012

Popcakes


Apesar da foto estar tremida, estes são os Popcakes que fiz para o aniversário do sobrinho! A lata e a sua decoração também são de minha autoria. A receita foi retirada do blog da Joana Roque "As Minhas Receitas"! Ora aqui deixo o Link para irem lá espreitar!
http://paracozinhar.blogspot.pt/2011/03/popcakes.html

Suportes diferentes para velas


Ora, nunca pensado eu que os copinhos que existem há mais de 30 anos pudessem servir para outra coisa senão que enfeitar a cristaleira da sala, eis que surgem repentinamente como possíveis suportes para velas tea lights. Não me parece mal de todo! Apesar de não irem ficar propriamente nesta disposição... Estão-me a surgir em mente outros copos de Whisky transparentes para o mesmo efeito... hummmm!

Poupança na cozinha

Embalada por blogs alheios e por uma carteira não propriamente recheada já tento fazer pratos que não obriguem sempre a usar o peixe ou carne, procurando outras alternativas e mais económicas. Já tentei por várias vezes fazer uma lista de "menu semanal" mas sem grandes resultados, ou melhor, a ideia dos pratos está lá, mas por um ou outro motivo acabo por decidir algo diferente para a altura, consoante aquilo que tenho em casa ou eventualmente o que tenha sobrado da refeição anterior e possa reaproveitar.
Qual a minha sorte? É que o N. apesar de ser um bom garfo não se importa nada de ser a minha cobaia, visto que muitas das minhas "receitas" são invenções inspiradas de outras receitas que leio mas que ou não tenho todos os ingredientes, ou faço substituições ou alterações.
Vai dai, hoje surgiu o "Guisado de Feijão preto".

Tinha já preparado do fim de semana algumas caixas congeladas de feijão previamente cozido.
Numa panela fiz um refogado ao qual juntei tomate pelado e um caldo  Knorr de Legumes (passo a publicidade). Adicionei brócolos e couve-flor que também aguardavam no congelador pela sua vez, assim como chouriço às rodelas e o feijão preto. Mais para o fim juntei salsichas de lata, também cortadas às rodelas!
Como estava tudo pré-preparado foi quase só "entornar" para o tacho e rapidamente fiz uma refeição saborosa!