Buddha Quotes

terça-feira, 25 de dezembro de 2012

Bolo de Aniversário!


Desejando que todos tenham passado um óptimo Natal, venho, finalmente e tendo um tempinho livre, fazer um post não sobre doces de Natal (que diga-se de passagem não são o meu forte), mas de aniversário. Sim, porque na minha vida, Dezembro não é só o mês em que o menino Jesus faz anos, mas sim uma série de outras pessoas, entre as quais o meu irmão.
É incrível como o tempo passa. Entre correria de preparativos para as festas e novos projectos, o tempo vai passado, mas cá está este bolo feito no início do mês.
A receita não é novidade, podemos vê-la aqui. Claro que aproveitei apenas a receita do bolo, não é a primeira vês que o faço, até porque sei que me dá um bolo alto e bonito! Como cobertura utilizei chocolate de cozinha derretido em banho maria e decorei com maltesers. Não fiquei muito contente com a cobertura, o chocolate solidificava muito depressa e não me permitia barrar devidamente, mas sugeriram-me misturar natas ao chocolate - quando passar o enjoo dos doces das festas hei-de experimentar. Mas, acho que não ficou mau de todo!

Se não houver oportunidade para mais posts este ano deixo votos de Feliz Ano Novo, com muita felicidade e realização de desejos!

terça-feira, 11 de dezembro de 2012

Rotti de porco


Querem fazer um rotti mais baratinho que o comprado no supermercado e ainda escolherem o recheio?
Comprem carne picada da vossa preferência, juntem-lhe um ovo, cebola picada e salsa, misturem tudo muito bem com os temperos desejados( usei sal, pimenta e noz moscada) e formem uma bola.  Depois, com a ajuda de papel vegetal ou folha de alumínio por baixo(para não colar), estendam a bola numa base ou bancada e vão moldando com as mãos ou rolo da massa para ir fazendo uma espécie de rectângulo com essa mistura de carne picada.
Está na hora de fazer o recheio. Escolham o recheio da vossa preferência : queijo e fiambre, legumes, alheira ou farinheira.... Eu coloquei por cima do rectângulo de carne fatias de queijo, cenoura ralada e um restinho de espinafres que tinha no frigorífico. Certifique-se que não coloca demasiado recheio para depois conseguir unir os bordos do rectângulo e fechá-lo como um rolo.  Se tiverem a tal folha de papel vegetal por baixo a tarefa está muito facilitada pois é só fazê-lo com o papel e apertar/moldar o rolo nas nossas mãos sem colar.
Vai ao forno (sem a folha em que foi enrolado) a cerca de 200ºC até estar tudo bem cozinhado. Acompanhe com batata assada ou uma boa salada.

segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

Scones inesperados

Como sempre, aproveito ao Domingo (dia inteiro de "vazio" na electricidade) para passar a ferro. Depois da tarefa que a maior parte das donas de casa detesta, apetecia-me algo reconfortante para o lanche, mas que me desse pouco trabalho a fazer. Uma das receitas do "Feito em casa" estava destinada para uma ocasião como esta. O resultado superou largamente as minhas expectativas: pãozinho doce, suave e macio que ia bem mesmo sem qualquer manteiga ou doce. Esperava eu ter algum scone para o pequeno almoço do outro dia, mas não ficou nem migalhas para contar história!



Ingredientes:
- 1 + 2/3 chávena de farinha
- 2 colheres de sopa de açúcar
-1 colher de sopa de fermento em pó
-2 colheres de sopa de mantiega derretida
-1 iogurte natural (não tinha, usei um de morango ficou bom na mesma)
-2 colheres de sopa de leite

Colocar todos os ingredientes numa taça, misturando tudo muito bem com uma colher de pau. Eu pessoalmente adicionei mais leite que o que vinha na receita, talvez a minha medida de chávena fosse maior o que fazia precisar de mais líquido para a mistura.
Retirar colheradas de massa para um tabuleiro forrado com papel vegetal , devidamente espaçadas e levar ao forno a 180ºC durante cerca de 15 minutos.

Receita retirada de "Feito em casa" - Joana Roque, página 38.

P.S: Será que já deu para perceber que esta menina "mora" na minha cozinha?!;) As referências a ela são tantas....
P.S 2: Para a próxima penso adicionar à massa pepitas de chocolate!

sábado, 8 de dezembro de 2012

Decorações de Natal caseiras

E pronto, lá me convenci a iniciar as decorações de Natal. Apesar de ser uma época que me agrade, confesso que já tive outra euforia para esta altura do ano. Reparei hoje que chegou a altura de evitar os shoppings (começo a sentir-me claustrofóbica lá dentro). O corre corre até à data faz-me uma certa confusão. Se bem que se torna encantador ver o pequenote a começar a vivenciar a quadra. Como ando a fugir o mais possivel do consumismo resolvi dar umas voltas pelos meus arrumos (tenho um sótão maravilhoso, com montes de arrumos, nos quais os antigos donos fizeram o favor de deixar um saco cheio de pinhas e madeira para a lareira). Juntar umas coisas daqui e dacolá e já não penso mais no assunto. Claro que a isto se junta a tradicional árvore e presépio. Mas talvez ainda me entusiasme a fazer mais enfeites...
 
 
 




Pinhas
Algum Pout Pourri
Canela
Bolas de natal
Vela
1 fruteira
1 jarro de vido
 
Tudo já existente cá em casa. Custo: 0€

quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

Por aqui...


Vão-se enfeitando as compotas.... Tento aproveitar todos os restinhos de fitas coloridas, berloques e bijugangas  (que já não uso) para outros fins....

 
Tudo caseirinho, como convém ;)!

Sobre a canela

 
 
Estas dicas foram tiradas da revista "Amanhecer". Achei interessante partilhar:
 
- Afastar insectos: Fazer uma solução com 1 L de álcool, 2 colheres de sopa de canela e alguns cravinhos. Deixar repousar por 3 dias, colocar num spray e borrifar pela casa.
 
 
Mas.... se já foi picado:
- Faça uma pasta  misturando uma parte de mel com duas de água morna e uma colher de chá de canela. A pasta ajuda a aliviar a dor e a comichão.
 
Para constipações:
- Fazer um chá com algumas cascas de maçã e um pau de canela num litro de água. Deixar ferver 5 minutos. Podemos adoçar com mel.
 
 
Para cheiro a fritos:
- Enquanto fritamos  podemos ferver vinagre, canela em pó e cravinho o que ajudará a eliminar o mau odor.
 
 
Para eliminar borbulhas:
- Misturar 3 colheres de sopa de mel e uma colher de chá de canela em pó até obter uma pasta. Aplicar à noite e lavar de manhã com água morna durante 15 dias. 

domingo, 2 de dezembro de 2012

Uma quiche tardia


Os Sábados, por motivos de trabalho, têm uma certa tendência para almoços tardios... por vezes tão tardios que me contento com uma sandes visto que já são é horas do lanche. Mas, apesar de ser feriado, as coisas cá por casa atrasaram-se na mesma, só que apetecia-me fazer algo diferente. Vai daí, peguei numa receita de quiche e adaptei-a (claro está) porque não tinha todos os ingredientes que lá constavam. E não é que correu bem?
 
Numa bacia coloquei cebola cortada em meias-luas, um alho picado, um restinho de bróculos perdido no frigorífico, cenoura ralada e fiambre cortado em cubinhos. Adicionei 4 ovos batidos, misturando bem, uma colher de sopa de farinha de trigo e natas... ups, afinal não havia natas, virei-me para os iogurtes, e foi mesmo um de ananás (ok, se tivesse um natural ou grego usava antes um destes). Tudo muito bem misturadinho  e devidamente temperado com sal e pimenta moida no momento, há que verter para uma forma já devidamente forrada com uma folha de massa quebrada. Levar ao forno a 180º .
Confesso que tive receio do iogurte de ananás, mas a única coisa que se sente é um ligeiríssimo aroma, não afectando de modo nenhum o sabor. Resultado: para mim ficou bem melhor que as que já tenho comido pelos shoppings (por acaso nem é uma coisa que costume apreciar desmesuradamente), de forma que grande parte dela voou num instante e não foi só por a fome "ser negra";)!