Buddha Quotes

sexta-feira, 26 de abril de 2013

Semear e Germinar

Se, como eu, recolhem as vossas próprias sementes (de produtos biológicos que recebo/adquiro e das que a minha mini-horta na varanda providencia) ou as receberam/trocaram num Encontro de Sementes como este, podem semeá-las para terem mais produtos ou utilizá-las na alimentação como germinados.

Aqui ficam algumas dicas:

SEMEAR
1. Preparem um recipiente pequeno (copo de iogurte, etc.), furando o seu fundo para garantir uma boa drenagem da água da rega;

 
2. Segurem o copo na palma da sua mão e, com atenção para que não saia pelo fundo, coloquem uma mistura de terra e composto [se tiverem do que resulta da compostagem dos vossos próprios resíduos orgânicos, melhor ainda! :-) ] quase até ao topo do copo - inicialmente pressionem um pouco a terra, pois a compactação diminui a perda de solo pelo buraco de drenagem, mas depois deixem-na bem solta, para que as sementes tenham por onde lançar as suas raízes e germinar;




3. Com um dedo, façam buracos na terra e coloquem lá as sementes - se forem grandinhas, coloquem apenas uma em cada buraco, não ultrapassando 5 por copo no total e, se forem pequeninas, coloquem 3-5 em cada buraco, num total de 5 buracos por copo, de modo a que elas tenham espaço para crescer;

 


4. Cubram as sementes levemente com um pouco da mistura de terra e composto, reguem com um pouco de água, sem levantar muito solo e sem o compactar, e coloquem o copo num local iluminado, mas não demasiado quente ou frio;

5. Reguem gentilmente todos os dias de modo a manter o solo mole para que a semente possa germinar e despontar. Quando começarem a surgir plantas, evitem derrubá-las com a água da rega;



 6. Depois podem transplantá-las para um vaso ou directamente para um jardim. 


Para TRANSPLANTAR para um vaso:
- encham o vaso com uma mistura de terra e composto- abram um buraco do tamanho do copo de iogurte; 
- com a terra seca, virem o copo de iogurte ao contrário e, gentilmente, empurrem a terra pelo orifício no fundo do copo com o dedo, amparando o torrão de terra com cuidado para não danificar a(s) planta(s);
- coloquem o torrão no buraco, calcando ligeiramente a terra em redor; 
reguem diariamente e vejam-na(s) crescer!




GERMINAR

Podem optar por consumir as sementes germinando-as, isto é, fazendo-as despontar e ingerindo os rebentos. Isto torna-as de muito mais fácil digestão e óptimas para colocar em saladas.

Aprendam aqui mais sobre isso e não se esqueçam: apesar de existirem frascos próprios para o efeito, podem (re)utilizar um frasco de vidro de boca larga que tenham em casa e colocar-lhe uma simples rede por cima! ;-)

Imagem retirada daqui

4 comentários:

  1. És, verdadeiramente, formidável!
    Vinha botar uma receitinha e fiquei encantado.
    Fica para depois, devem aproveitar primeiro, estes ensinamentos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Homem, tu não me desgraces!
      Se a patroa sabe que não publicas as tuas receitas fantásticas por gostares do que eu publico, despede-me! ;-)

      Agora a sério, não faças isso Manuel!
      Publica e, quem quiser, encontrará! :-)

      Beijinhos e bem-vindo de volta,
      Sónia

      Eliminar
  2. Muito legal isso.Sabes que adoro mexer com plantas, sementes, semear e depois ver crescer, ainda que more em apartamento! abraços,chica

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Chica, mexer na terra e nas plantas é TÃO BOM!!! :-D
      Eu também moro num apartamento, com uma varanda pequena que não pode levar muito peso, mas tenho cebolas, alhos, lentilhas e, brevemente, rabanetes, orégãos, salsa e hortelã! :-)

      Obrigada pela visita e tudo de bom,
      Sónia

      Eliminar