Buddha Quotes

quinta-feira, 31 de outubro de 2013

"Bacalhau sem Moda"

Quem me conhece sabe que eu não sou capaz de seguir uma receita à risca, mesmo que seja a primeira vez que a faço.
Por isso não estranharão, com toda a certeza, que eu tenha pegado nesta receita fantástica do Manuel e tenha tornado o "Bacalhau à Moda do Manuel" em "Bacalhau sem Moda"! ;-)


Ingredientes:

  • Postas de Bacalhau
  • Cebolas
  • Alhos
  • Azeite bom
  • Batatas
  • Ovos (opcional)
Preparação:
Cozer as postas de bacalhau demolhado em água a ferver sem sal. Retirar da água, reservando-a. Deixar as postas esfriar e desfiá-las, retirando espinhas e pele (que eu adoro!).
Descascar, lavar e cortar em fatias finas as batatas, dispondo-as numa assadeira, juntamente com as cebolas cortadas em luas e os alhos aos pedaços.
Colocar o bacalhau desfiado por cima e regar abundantemente com azeite. Juntar a água da cozedura do bacalhau até os líquidos atingirem o limite da assadeira.
Levar a forno quente até dourar (as batatas, assim cortadas e submersas, cozem rápido), regando com água da cozedura sempre que necessário (coloquem a assadeira em cima do tabuleiro do forno - assim, se transbordar, não há problema!!!).
Servir quentinho.


Se, como eu, tiverem filhotes que não gostam muito de bacalhau, coloquem ovo cozido fatiado por cima (não ponho antes de ir para o forno para não ficar ressequido...).


Sirvam acompanhado de pão bom, porque é essencial aproveitar bem o molho! ;-)

Bom apetite!!! :-)

Imagem retirada da net




quinta-feira, 17 de outubro de 2013

Migas de Bacalhau

Para quem preferir, uma sugestão de umas migas mais leves, sem a carne de porco.




*2 Postas de bacalhau demolhado  (de preferência fino)
*Pão duro
*Azeite
*3-Dentes de alho
*1-Folha de louro
*-1 Raminho de Poejos

Cozer o bacalhau, depois de cozido tira a pele e as espinhas e parta em lascas.
Deve guardar a água de cozer.

Descascar os alhos que deixa inteiros.
Cortar o pão em fatias finas.
Aproveite as folhas verdes, dos poejos, e lave-as bem.

Por um tacho ao lume com azeite e frite os alhos a que vai juntar as folhas de poejo.
De seguida juntar o bacalhau e deixar refogar uns minutos.
Acrescentar o pão e regar com a água fervente onde se cozeu o bacalhau.
Tape o tacho e deixe descansar uns minutos.


Leve, novamente, o tacho ao lume e mexer bem até as migas estarem secas e despegarem das paredes do tacho.

Por fim, numa frigideira deite uma colher de azeite e vá fritando as migas como se fosse uma omelete, sacudindo o recipiente e virando-as até estarem douradas.

Decore, se gostar, com azeitonas.

domingo, 6 de outubro de 2013

MIGAS À ALENTEJANA

Este tempo não vai durar muito, não tarda o frio espreita e uma comidinha destas vem mesmo a calhar.

Parece ser trabalhosa, mas não é!

Acompanhar por um bom tinto Alentejano.








400 gr. De lombo de porco
200 gr. Entrecosto
200 gr. Toucinho entremeado
15 Rodelas de chouriço
2 Dl. Vinho branco
Q.b. azeite
Q.b. sal
1 Folha de louro
Q.b. massa pimentão
500 gr pão caseiro

Cortar as carnes aos cubos e a linguiça às rodelas. 

Fazer uma marinada com a massa de pimentão, alho, sal, louro e vinho branco.  

Deixe as carnes em repouso nesta marinada durante 24 horas.
Colocar banha numa frigideira, quando estiver quente fritar a carnes e o chouriço.

Cortar o pão às fatias e embeber num pouco de água e amassar levemente com as mãos.
Entretanto, coloca-se um tacho ao lume com um pouco de azeite e a gordura (coada) onde fritou as carnes e junta os dois dentes de alho muito bem picadinhos.

Quando estiverem louros, juntar o pão e com ajuda de uma colher de pau, vai batendo e enrolando até ficarem bem passadas, com uma textura crocante e na forma de uma omoleta.

Quando descolarem das paredes do tacho estão prontas.

Vão à mesa no centro de um prato com as carnes em volta.


Pode decorar com azeitona e gomos de laranja.