Buddha Quotes

quarta-feira, 30 de maio de 2012

Coisas simples....

O meu pequeno pirata leva-me a um estado de pré-loucura, porque além dos brinquedos que espalha pelo quarto apesar de ter uma arca para os guardar, também os espalha pela sala onde está outra das coisas que mais lhe agrada (a televisão)! Como estava cansada que a sala de jantar parecesse diáriamente um acampamento índio, resolvi que haveria de arranjar algo para a sala onde ele colocasse os brinquedos e que não destoasse com o resto da decoração!
E numa ida ao IKEA (passo a publicidade) encontrei uma simples caixa bem baratinha (não chegou aos 3 €) que dava bem para o efeito! E não é que o rapaz se diverte a colocar tudo lá para dentro?! Enquanto ele não se fartar, problema resolvido!

terça-feira, 29 de maio de 2012

Aproveitamentos... de papel

Quem, por meados do início de cada ano, nunca teve acesso a mais do que uma agenda que acabaria por não utilizar mas também não a queria dar ou jogar fora? Pois eu  vou coleccionando algumas, das quais sempre tive pena de me desfazer. Para uma delas já arranjei solução: escrever receitas que me interessam que encontro na net.

Esta agenda é de 2008

Vou apontando de um lado os ingredientes e escrevo a confecção da receita  no "rectângulo maior" do lado direito. Assim, a agenda não fica desaproveitada e tem sido mais consultada do que se realmente a tivesse usado para o que é suposto.
E papeis que sobejem vou guardando, não os deito logo fora!


Estes por acaso são do trabalho, já bastante antigos e que já não têm a serventia pretendida. O verso dá sempre para continuar a apontar recados do trabalho, a lista de compras do supermercado,  os desenhos do filhote. Quando estiver tudo preenchido lá vão finalmente para a reciclagem. E se estivermos com bastante atenção à quantidade de papel que podemos reutilizar garanto que não falta onde escrever. Quase nem precisamos comprar blocos (eu pelo menos não compro há bastante tempo)!


sábado, 26 de maio de 2012

Hummus

Apenas recentemente me deparei com esta estranha palavra, não sabendo obviamente do que se tratava. Mas algo me chamou a atenção: Pasta de grão de bico? Ora, sendo eu amante de tal iguaria (o dito gão de bico), tinha um dia que meter mãos ao trabalho e experimentar.
Mas tinha um problema: nunca encontrei a tal pasta de sésamo (tahini) que faz parte dos ingredientes da dita receita. Até que vi algures uma sugestão em substitui-la por iogurte natural. E voilá!

Ingredientes:
1 lata pequena de grão de bico
1 dente de alho
1 colher de sopa bem cheia de iogurte natural
1 colher de chá de cominhos (não tinha, substitui por noz moscada em pó)
colorau
sumo de limão
azeite q.b.

No liquidificador colocar o grão de bico bem escorrido, o dente de alho, o iogurte natural e a noz moscada. Ir triturando tudo enqunato se vai acrescentando aos poucos o azeite até estar tudo numa pasta  homogénea. Quando estiver pronto colocar num recipiente de servir e acrescentar um pouco de sumo de limão a gosto, colorau e mexer bem. Servir com pão, tostas, saladas.... e experimentem molhar azeitonas pretas neste molho.... fica divinal (para quem gosta como eu, claro).!
Note-se que a receita base foi inspirada num blogue (julgo que da Joana Roque...), mas já tenho visto outras receitas e só modifiquei consoante o que tinha em casa.




sexta-feira, 25 de maio de 2012

Bolo de chocolate no microondas

Ingredientes:
4 ovos
2 chávenas de chá de açúcar
2 chávenas de chá de leite
2 chávenas de chá de farinha
1 chávena de chá de chocolate em pó
100 gr de manteiga
1 colher de chá de fermento
1 pitada de sal

Juntar tudo numa tigela, bate-se com a batedeira e leva-se ao microondas 8 minutos na potência máxima em forma untada ( que possa ir ao microondas) com manteiga. Deixar descansar antes de desenformar.

Já tinha feito esta receita uma vez e correu muito bem, no entanto os 8 minutos no microondas não bastaram (talvez pela potência) e precisei bem do dobro do tempo. Vamos confirmando espetando um palito até sair seco.

Mas tenho uma inovação à receita anterior (segunda tentativa de fazer o bolo).

Mantemos os mesmo ingredientes!
Partir os ovos e colocá-los na dita tigela. Preparar uma das chávenas de açúcar para adicionar aos ovos. Embarrar com o braço na tigela de forma a deitá-la ao chão de modo que caiam 3 dos 4 ovos utilizados. Fazer uma pausa para ir limpar o chão enquanto o unico ovo que se safou se mantém em repouso na tigela. Tirar mais 3 ovos do frigorifico não respeitando a questão dos "ovos à temperatura ambiente" e adicioná-los ao ovo solitário. Misturar os restantes ingredientes até reparar que não tenho chocolate para o bolo de chocolate (bingo!!!). Pensar rapidamente num ingrediente  (como alguém diria) "subselente" e reparar que há um resquício de chocapics do marido num saquinho. Tirar do armário o robô de cozinha para "picar" o chocapic (1 chávena) e juntar ao preparado.
Lembrei-me que o bolo anterior, apesar de bom, ficou agarrado à forma (o que não atrapalhou a sua fiel degustação pelos membros da família). Daí que desta vez, para além de barrar a forma ainda coloquei papel vegetal para conseguir arrancá-lo de lá de dentro. E sim, mantém-se a minha regra dos 16 minutos.
E voilá, eis o aspecto:




quinta-feira, 24 de maio de 2012

Curd de limão no microondas


Depois de muitos pedidos e insistência (coff, coff) aqui vai uma receita simples de microondas. Já a retirei da net há algum tempo, mas sinceramente não me lembro de onde! Se alguém quiser reclamar a sua autoria, esteja à vontade!

Ingredientes:
2 limões
2 ovos
160  gr açúcar
60 gr manteiga

Lavar muito bem os limões. Raspar a casca (só o vidrado amarelo) para um recipiente que possa ir ao microondas. Espremer o sumo dos limões, coá-lo e juntar à raspa. Acrescentar os ovos e o açúcar. Mexer com um batedor de varas até o açúcar dissolver. Levar ao microondas 3 min na potência máxima. Retirar, juntar a manteiga em pedaços e mexer com o batedor de varas até derreter. Levar novamente ao microondas por um min e meio na potência máxima. Retirar, voltar a mexer bem e repetir o processo por mais um min e meio.
Retirar, mexer novamente e deixar arrefecer, mexendo o creme de vez em quando.
Colocar num frasco esterilizado e guardar no frigorífico

quarta-feira, 23 de maio de 2012

Upppssss...

Acho que fiz asneira!
Ao decidir-me a testar o tal produto milagroso de limpar madeiras (vulgo azeite e vinagre) entusiasmei-me com as borrifadelas e alguns (muitos) pingos atingiram a parede.... Só não consegui tirar as pintas da parede azul do quarto do meu filho (será por ser uma tinta diferente?)... apliquei só vinagre, apliquei amoniacal, mas quando a parede secava lá estava a prova do crime novamente a sorrir para mim!
Alguém tem alguma ideia que possa utilizar para mandar embora as ditas pintinhas?

P. S.: já agora, como limpa móveis o azeite e o vinagre funcionam muito bem. Mas talvez seja melhor borrifar o pano e não o móvel directamente.

Limões a granel

Tendo um limoeiro, de quando em vez apanho uma resma de limões e, mesmo dando à família, às colegas de trabalho e à vizinha do lado, sobram sempre muitos.

Mesmo sendo guardados no frigorífico, eles vão envelhecendo (ficam mais escuros e encarquilhados, pois desidratam aos poucos), por isso quando li no Economia cá de Casa o que a Joana Roque fazia com os seus limões, decidi inspirar-me.

Lavei-os e fiz raspa, que coloquei num tupperware devidamente identificado e que será congelada para colocar no bolo dos copos e para fazer biscoitos de limão.
raspa de limão

Como são biológicos (não coloco produtos químicos nenhuns no limoeiro), pode ser usada sem problemas! :-)

Depois espremi-os e guardei o sumo nos sacos de cubos de gelo e congelador com eles (presos com uma mola até congelar, para garantir que não se perde nem uma gota)!
A ideia é deitá-los na água durante o Verão (refresca e fica com um saborzinho bom) ou utilizar na cozedura de carne ou peixe (ajuda a cortar as gorduras e dá jeito quando me esqueço de temperar convenientemente ou de deixar a marinar!).
cubos de sumo de limão congelados
Seria bem melhor para o ambiente e para a carteira ter utilizado cuvetes de gelo (reutilizáveis vezes sem conta) do que sacos de plástico (de uso único), mas estavam todas cheias de caldo (assunto para outro dia, OK?). 
Quando acabar os saquinhos da embalagem, compro cuvetes novas, até porque planeio dar-lhes outros usos (mais uma vez, falo disso noutro dia). 

E ainda me sobraram imensos limões para lascar e congelar a casca (para colocar no chá ou para doces como leite creme) e fazer mais sumo.
limões no frigorífico, aguardando a sua vez! ;-)
Como tenho uma esponjinha própria no fundo da gaveta (reutilizável e lavável na máquina da louça), não se acumula humidade e os de baixo não ganham bolor, por isso ainda tenho tempo até tratar deles sem correr o risco de os desperdiçar! ;-)

Quando me decidir a experimentar fazer compota e afins aviso, mas provavelmente demora, porque isso dá mais trabalho! ;-P

Dica rápida de culinária ...

Já experimentou colocar uma colher de café de fermento em pó nos ovos com que vai fazer omeletes? Garanto que ficam bem maiores e bem mais macias!



terça-feira, 22 de maio de 2012

Companheira à vista!

Ora muito feliz eu fico, por a escassas semanas de ter iniciado o meu blog, contar com a preciosa ajuda de uma querida amiga e colega de vários anos, SDaVeiga!
Tal como eu, Veterinária, Mãe (há mais tempo que eu e a dobrar), Dona de Casa e com sede de conhecer e melhorar ainda mais o mundo em que vivemos, seja ele o conforto do nosso lar ou o lar de todos nós, comummente designado por planeta!
Ficará um blog mais rico certamente, uma vez que o criei não porque tenha muito a ensinar, mas porque tenho aprendido muito com pessoas como a nossa Sónia!
Sejas bem aparecida!

Curiosidades e utilidades

Com este post espero ir colocando alguns apontamentos sobre o que vou aprendendo na minha mais recente aquisição: "O Grande livro dos Alimentos"


Assim sendo cá vai o primeiro ingrediente:

O Alho
- Um dente de alho cru, aplicado sobre aftas, borbulhas e acne, desinfecta, alivia o incómodo e acelera a cura destes transtornos.
- O alho cru actua como calmante da dor dos dentes molares; basta mastigá-lo e mantê-lo durante um bocado sobre o dente afectado.
- O alho tem sido utilizado para esfregar junto de feridas, evitando assim infecções, tendo acção bactericida.
- Alguns dentes de alho enterrados em vasos afugentam muitas pragas de insectos e lagartas prejudiciais para as plantas que dão flor em jardins e terraços.


segunda-feira, 21 de maio de 2012

Olá!

Querida Inês, muito obrigada por me deixares fazer experiências na tua cozinha! :-)

Hoje venho só dizer um "olá", mas em breve virei cá cozinhar, costurar ou inventar, OK?

Beijinhos e, mais uma vez, obrigada! :-D

Ah, e...
Imagem retirada daqui

domingo, 20 de maio de 2012

Tenho que experimentar...


- Limpar Estores com pano embebido em álcool (Já tentei vinagre e água com lixivia, mas hei-de experimentar esta sugestão)!

sábado, 19 de maio de 2012

Bolachas de limão


A preguiça reina nesta casa! Daí que, apesar de apetecer algo doce mas caseiro, meti mãos à obra para fazer estas bolachinhas muito simples e rápidas! Só não me apeteceu usar os cortadores (seria bem mais divertido e ficava mais bonito), limitei-me a fazer umas bolinhas que achatei com as palmas das mãos!

Ingredientes:
175gr de farinha sem fermento
Raspa de um limão
110 gr de manteiga à temperatura ambiente
50 gr de açúcar

Colocar a farinha e a raspa de limão numa tigela grande. Adicionar a manteiga partida aos bocados  e esfarelar com os dedos. Juntar o açúcar e amassar delicadamenteaté formar uma massa compacta. Esticar a massa para ficar com uma espessura de aprox. 1/2 cm e cortar com cortadores a gosto (pulei esta parte). Levar ao forno a 180º num tabuleiro forrado a papel vegetal até dourar.

(Receita retirada de "Cozinha para quem não tem tempo" de Mafalda Pinto Leite)

Coisas de trabalho

Apesar de inicialmente ponderar bastante sobre fazer qualquer tipo de comentário acerca do meu trabalho, há algumas sugestões em que acharia úteis a sua abordagem. Isto porque aquilo que para mim é óbvio, para outras pessoas não o é. Mas não recrimino. Entendo que cada vez mais as pessoas tentem encontrar soluções mais económicas, mas por vezes o barato,invariavelmente, sai caro!
Não é a primeira nem segunda, nem a quinquagésima vez que tenho clientes a dizerem-me que medicaram por conta própria o seu animal de estimação... e muitas vezes com maus resultados (quando não catastróficos).
Se o vosso animal adoecer, mesmo que não queiram ir ao vosso (do animal, claro) veterinário, quase todos eles têm um telefone de urgências. É verdade que consultas por telefone não se devem fazer quanto mais não seja sob pena de um incorreto diagnóstico, mas tirem dúvidas... Se quiserem fazer algo, perguntem se é boa ideia, se não vão prejudicar ainda mais o estado de saúde do vosso companheiro. Cuidado com informações de médicos, enfermeiros de medicina humana, farmacêuticos... infelizmente as informações nem sempre são correctas, por mais boa vontade que possam ter. No que me diz respeito evito tecer quaiquer sugestões sobre a dôr de barriga da dona Joaquina ou as palpitações do sr. Manuel, apesar de também me virem perguntar se podem tomar isto ou aquilo! Não sou médica de gente!
Liguem! Acreditem que o veterinário até pode estar saturadinho de ouvir o telefone tocar, mas se os colegas forem como eu, preferem isso a ir a correr corrigir as asneiras feitas em casa!

Já agora uma dica importante: O Ben-u-ron (passando a publicidade) tão "inofensivo" para os nossos bebés, pode matar um gato! E já agora, o Brufen também! E nessas alturas não adianta depois vir com o choradinho do: "mas só dei um bocadinho..."!

Azeite aromatizado!

Inspirada por ideias alheias, cá fiz eu o meu azeite, aproveitando umas garrafinhas bem baratinhas que tinha comprado nas antigas (e ainda denominadas) "casas dos trezentos"...


Ao azeite juntei alho, alecrim e tomilho. Agora é só esperar uns tempos para experimentar!


Definitivamente...

Em certos fins de semana de certas promoções... lá fujo eu para a concorrência! Acho que a confusão tolda-me o cérebro e acabo por comprar mais do que o necessário... Ou a não encontrar realmente o que preciso... ou... enfim! O que eu gosto mesmo é de conseguir ver bem e com calma aquilo que estou a comprar!

terça-feira, 15 de maio de 2012

Ser mãe...

Depois do nosso pequeno principe passar o dia com as perrices próprias da idade, de nos pôr a cabeça em água, fazer apetecer ir  para uma ilha deserta durante um mês para não ouvir guinchos e berros à mais pequena contrariedade... Olho para a caminha dele , onde o anjo irrequieto dorme, deixando-me com a mais firme certeza de ser a melhor coisa da minha vida...

- Gostas da mamã, G.?
- Xim -diz ele depositando um beijo repenicado na minha bochecha!

Quando fôr para a ilha deserta... levo-te comigo!

domingo, 13 de maio de 2012

Conforme tinha falado...

Aqui vão as fotos dos móveis reaproveitados:


O baú que serve como mesa de centro, apesar de ainda não me ter decidido sobre o que lá colocar em cima, tendo em atenção as mãozinhas mexeriqueiras do G.


Um dos sofás restaurados. Anteriormente eram forrados com um pano amarelado. O arranjo ficou muito bom e ficaram bem confortáveis.

A desengraçada arca, pintada à côr do quarto do "piqueno" e que dá uma arrumação extraordinária!


Quadro Caseiro! Este ainda não tinha referido. A Moldura já a tinha, foi só escolher uma imagem da net , colocar cartolina preta como fundo e ... voilá! Adoro Girassois! Pena não conseguir tirar o flash da foto!


Ambientador Caseiro



O motivo pelo qual gosto de ler blogs alheios é porque me tem permitido aprender bastante e tirar bastantes ideias!
Aproveitando um frasco de especiarias e colocando um pouco de óleo de amêndoas doces, adicionei umas gotas de óleos essecenciais de limão. Como ficava ainda uma abertura grande, tapei com papel de aluminio o bocal, fazendo apenas uma pequena abertura para introduzir alguns pauzinhos de espetadas.  Apenas rematei com papel de embrulho que tinha cá por casa e um pouco de cordel!

Cá está a fonte de onde retirei a ideia:



quinta-feira, 10 de maio de 2012

Panquecas com espinafres e requeijão

Ahhh... as coisas simples da vida!







Confesso que apesar de ser bem gulosa por doces há certas coisas que me sabem melhor se forem salgadas.
Os crepes e panquecas são uma delas. Lembro-me de ir à "Maison des Crepes" (acho que é assim que se escreve! Será que ainda existe?) com a minha melhor amiga e pedia sempre crepes com legumes... ou carne picada...
Ora cá vai uma invenção à pressão para um almoço rápido:

Ingredientes:
- Mix para panquecas (veja aqui no link  - As Minhas Receitas: Mix de Panquecas da Nigella)
- Alho e cebola picados (já tinha previamente picado uma porção no robô de cozinha e colocado em caixas no congelador)
- Espinafres
- Pimento vermelho aos cubinhos
- Requeijão

Como o almoço foi só para mim, reduzi a receita das panquecas para metade e fiz uma mega-panqueca.
Noutro recipiente coloquei um pouco de azeite com o alho e a cebola picada, colocando de seguida os espinafres e o pimento, deixando cozinhar até amolecer. No meu caso, tinha duas salsichas de lata perdidas no frigorífico, cortei às rodelas e resolvi juntar. Foi mesmo só para não desperdiçar, porque para a receita em questão nem seria necessário. Depois da panqueca feita e dos legumes já cozinhados , colocá-los por cima da panqueca ,  colocar o requeijão esfarelado por cima e  ... nham, nham...
Bom apetite!

P. S. 1: Note-se que a rapidez da receita deve-se ao mix das panquecas já estar preparado, assim como dá uma ajuda ter alhos e cebola já picadinhos, prontos a serem consumidos. Tudo o resto é bastante rápido.
Estou apaixonada pelo meu robô de cozinha!

P. S. 2: Só nunca consigo uma panqueca perfeitamente redonda, mas estava deliciosa...

terça-feira, 8 de maio de 2012

Tenho simplesmente que experimentar


 - Mistura de azeite e vinagre para limpar móveis (3 partes de azeite para 1 de vinagre) num borrifador
 - Colocar óleos essenciais na mistura de água e vinagre para limpar o chão (2 a 3 gotas)
 - Colocar um algodão perfumado no local do saco do aspirador para perfumar enquanto aspiro!

Maravilha! E nada complicado! Onde fui buscar isto ?
Ora espreitem lá:
http://aproveitaravidaja.blogspot.pt/search/label/Limpezas

Vale bem a pena!

Guisado de Lentilhas

Coisas simples que (me) sabem bem....

- Lentilhas verdes (demolhadas uma a duas horas)
- 1 Cebola média
- Cenouras
- Talos de couve
- Courgettes
- Tomate
- Chouriço de colorau
- Massa fusilli

Não coloco quantidades, depende do número de pessoas à mesa....
Fazer um refogado, deixando apenas a cebola ficar translúcida. Juntar tomate aos cubinhos, um pouco de água e deixar apurar. Temperar com um pouco de sal e noz moscada em pó.
Juntar as lentilhas , as cenouras às rodelas, os talos de couve cortados aos cubinhos (já tinha à minha espera no congelador), assim como as courgettes e o chouriço. Deixar cozinhar em lume brando.
À parte, cozer a massa fusilli e , quando estiver pronta, deitar por cima o preparado anterior!

Eu acho que fica muito bom! :)





Aproveitamento de móveis

Desde que mudei para a casa "nova" (há cerca de um ano) que tento aproveitar o que consigo de mobiliário. Na verdade, a casa, anteriormente habitada por outras pessoas,  estava repleta de móveis, muitos antigos os quais foram-nos propostos também para venda. Confesso que não faziam muito o meu estilo, embora me decidisse a ficar com uma ou outra coisa achando que iria dar jeito.
Assim sendo, para além da mobília que já trazia comigo:
- Aproveitei para ficar com uma cama dupla por baixo preço e que serve agora de cama ao filhote.
- Fiquei com os sofás velhos a baixíssimo preço e mandei-os restaurar a uma pessoa amiga que faz esse tipo de trabalhos. Ficaram como se tivessem saído da fábrica e , o que é mais importante, a baixo custo!
- Deixaram-me de prenda uma arca velha , desbotada e sem graça que aproveitei também a restaurar ( a mesma pessoa amiga forrou e pintou nas mesmas cores do quarto)  e é onde guardo os brinquedos do"piqueno" .
- Fiquei com duas secretárias em madeira que servem de apoio ao escritório que fizemos no sotão.
- Aproveitei ainda uma outra arca antiga e bastante trabalhada(esta esquecida durante anos na garagem da minha mãe) que também foi restaurada e serve como mesa de centro na sala de estar.

Note-se que os restauros foram bastante em conta porque conhecíamos bem a pessoa que os fez. Aproveitamos para dar algum dinheiro a ganhar a quem conhecemos ao mesmo tempo que poupamos bem mais do que se fossemos comprar tudo novo.
E vocês? Também já tiveram ideias de aproveitamentos semelhantes? Não é má a ideia de "troca de serviços" a baixo custo entre pessoas que se conhecem.

Por exemplo, um outro caso de troca de serviços: Faço consultas de borla a uma vizinha que me arranja muitas vezes roupa de borla (não tenho jeito nenhum para a costura!)... Digamos que é algo que dá jeito a ambas :)

Estou preguiçosa com a máquina fotográfica, mas hei-de colocar as fotos dos "aproveitamentos"!

quarta-feira, 2 de maio de 2012

O assunto sobre que todos falam!



Eu não quero imaginar o que acontecerá se um dia acontecer algo no nosso país que leve ao assambarcamento  em massa de bens essenciais.
Não vou recriminar nem estar a fazer juízos de valor sobre quem trabalhou ou deixou de trabalhar (eu trabalhei, a meio gás, mas trabalhei) ou sobre quem se aproveitou do trabalho dos outros. Cada um sabe de si e sobre o que mais lhe convém. Eu não fui ao pingo doce... simplesmente porque fugia de cada vez que tentava ver como estava o ambiente! Ou estava com a criança comigo e achei que não era local que ele suportasse muito tempo ou posteriormente não tinha onde carregar as compras e a confusão geral mantinha-se, com direito a polícia e tudo... ou numa terceira tentativa... já tinham fechado às 18 h :)!
Não fiquei triste apesar de tudo. Fiz as compras que precisava na concorrência e ainda fiquei com mais de 10€ em cartão (nada que se compare é certo), mas não me sentia preparada para enfrentar a confusão. Se houver uma próxima vez, quem sabe eu tire a armadura do armário, acorde com as galinhas e vá prevenida de casa com a carroça para abastecer. Logo se verá!

Tarte de coelho e espinafres



Esta receita é bem simples de fazer e, para variar, podemos fazer com aproveitamentos de carne que tenhamos em casa... no meu caso foi coelho. Como já estava cozinhado foi só desfiar e reservar.



Ingredientes:
1 folha de massa quebrada (à venda em qualquer supermercado)
Coelho(ou outra carne), já cozinhado e desfiado.
Espinafres
Alho francês
Molho béchamel.


Numa sertã colocar um fio de margarina líquida (ou da sólida e deixar derreter) e quando estiver quente acrescentar o alho francês às rodelas e os espinafres cortados grosseiramente. Deixar cozinhar em lume brando até os legumes ficarem amolecidos. Juntei apenas um pouco de sal. Quando estiverem no ponto acrescentar o coelho e deixar apenas dar mais uma fervura, juntando de seguida o molho béchamel (1 pacote 200 ml) e mexer bem.
Numa forma para tarte, colocar a folha de massa quebrada e  picar o fundo com um garfo. Adicionar o preparado anterior e levar ao forno a 180ºC . Experimente, mesmo com restos de outra carne, fica delicioso!

(tenho de começar a tirar fotografias aos pratos)