Buddha Quotes

sábado, 19 de maio de 2012

Coisas de trabalho

Apesar de inicialmente ponderar bastante sobre fazer qualquer tipo de comentário acerca do meu trabalho, há algumas sugestões em que acharia úteis a sua abordagem. Isto porque aquilo que para mim é óbvio, para outras pessoas não o é. Mas não recrimino. Entendo que cada vez mais as pessoas tentem encontrar soluções mais económicas, mas por vezes o barato,invariavelmente, sai caro!
Não é a primeira nem segunda, nem a quinquagésima vez que tenho clientes a dizerem-me que medicaram por conta própria o seu animal de estimação... e muitas vezes com maus resultados (quando não catastróficos).
Se o vosso animal adoecer, mesmo que não queiram ir ao vosso (do animal, claro) veterinário, quase todos eles têm um telefone de urgências. É verdade que consultas por telefone não se devem fazer quanto mais não seja sob pena de um incorreto diagnóstico, mas tirem dúvidas... Se quiserem fazer algo, perguntem se é boa ideia, se não vão prejudicar ainda mais o estado de saúde do vosso companheiro. Cuidado com informações de médicos, enfermeiros de medicina humana, farmacêuticos... infelizmente as informações nem sempre são correctas, por mais boa vontade que possam ter. No que me diz respeito evito tecer quaiquer sugestões sobre a dôr de barriga da dona Joaquina ou as palpitações do sr. Manuel, apesar de também me virem perguntar se podem tomar isto ou aquilo! Não sou médica de gente!
Liguem! Acreditem que o veterinário até pode estar saturadinho de ouvir o telefone tocar, mas se os colegas forem como eu, preferem isso a ir a correr corrigir as asneiras feitas em casa!

Já agora uma dica importante: O Ben-u-ron (passando a publicidade) tão "inofensivo" para os nossos bebés, pode matar um gato! E já agora, o Brufen também! E nessas alturas não adianta depois vir com o choradinho do: "mas só dei um bocadinho..."!

Sem comentários:

Enviar um comentário