Buddha Quotes

sexta-feira, 1 de junho de 2012

Remendos em calças

Tenho vindo a desenvolver o meu gosto (e o jeito também) para a costura recentemente.
Sim, porque isto de ser mãe tem as suas vantagens, sendo uma delas o despertar do gosto de fazermos as coisas nós mesmas para os nossos filhos.
Claro que o facto de a roupa para crianças ser muito cara ajuda muito, especialmente quando temos filhos que têm calças em óptimas condições à excepção duma cratera enorme nos joelhos!!!

Vai daí que comecei a utilizar os meus conhecimentos de suturas (quem não tem cão, caça com gato, certo?!?) e andei a remendá-los unindo as bordas como se duma ferida se tratasse.
Problema: nem o fio de pesponto (mais grosso e mais resistente que o normal) aguentava a actividade e ao fim do dia a cratera estava de volta!

A solução mais óbvia e fácil seria colocar joelheiras daquelas que colam com o calor (é só passar o ferro por cima!), mas descobri soluções caseiras muito boas n' "O Grande Livro da Costura".

Extracto de "O Grande Livro da Costura", Selecções do Reader's Digest, 1979

Só que eu não sou capaz de seguir uma receita sem a adulterar (mesmo quando é a primeira vez que a faço), por isso fiz umas modificações:


- coloquei um remendo (feito com um pedaço duma t-shirt escura velha - inutilizada pelas manchas de desodorizante, mas o tecido está bom!) por dentro

alfinetes com cabeça colorida (côr contrastante à do tecido) são óptimos para não se perderem nem eu me picar tanto por me esquecer deles, porque estes consigo ver bem

- delimitei o buraco com um ponto miudinho, apanhando o remendo (para ficar brem preso e não entrarem pedras e afins)

não ficou perfeitinha, mas dá para o gasto...


- de lado fica preso nas costuras laterais, em cima fica preso nas calças e em baixo deixei solto (se for preciso depois coso-o, mas achei que assim o tecido esticava mais e, se entrar algum lixo apesar da costura à volta do buraco, assim tem por onde sair; se não resultar, depois aviso!)

a "ilha" que se vê no remendo (em baixo à esquerda), corresponde à costura que delimita o buraco

- e quando os bordos do buraco ficavam facilmente juntinhos ou o buraco em si era pequenino, fechei-o para ficar mais bonitinho como neste caso
como os pontos foram feitos com uma linha de côr semelhante, quase não se notam


Ainda tentei cerzir/passajar um buraco grande depois de já ter colocado o remendo, o que não resulta.
PÉSSIMA IDEIA!!! Arrebanhou tudo e fica feio!!! Desperdício de linha!!! :-S

A solução é mesmo fazê-lo antes e com o quadrado como recomendam no livro (primeira foto desta entrada, na parte inferior da página, ao centro), porque só por cima do buraco não dá tão bem e fica mais bonito se for uma figura geométrica bonitinha (ainda hei-de experimentar fazer uma estrela a ver se dá!). E se não ficar uma malha bem fechada, coloca-se um remendo por trás costurado nas bordas do quadrado do cerzir/passajar (como eles recomendam no canto superior direito)!



Ainda tenho muito que andar nisto das costuras, mas como ainda tenho muitas calças para remendar, isto há-de ficar uma arte! ;-)

2 comentários:

  1. Ora e já estás tu numa fase bem mais avançada que eu, que ainda conto com uma costureira vizinha para me tratar da roupa no que diz respeito ao corta e cose! Para já suturas só mesmo nos bichos, ou quanto muito pregar botões ou cozer uma baínha! Tudo o resto ainda olho de lado a pensar que ainda tenho que ir incomodar a senhora, mais uma vez:)!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mulher, a única diferença que temos é que, além de um ano mais velha, tenho filhos mais velhos que o teu.
      Pelo andar da carruagem, quando o teu tiver a idade do meu mais velho, já terás um livro de receitas e uma rúbrica num programa televisivo como a Joana Roque! :-)

      Eliminar